BAHIA AQUI É TRABALHO 0919
Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • SAIBA O QUE COMER DEPOIS DO TREINO

    Repor substâncias perdidas na corrida garante a recuperação física


    SAIBA O QUE COMER DEPOIS DO TREINO

    O apetite depois de um treino ou de uma prova varia entre os corredores. Mas é importante que, após essas atividades, o atleta faça uma refeição equilibrada, capaz de repor os nutrientes perdidos durante a corrida.

    A nutricionista Fernanda Heitzmann, da clínica RG Nutri, enumera as principais substâncias que o corredor deve ingerir no pós-treino e onde encontrá-las. As quantidades podem variar de acordo com o perfil físico e metabólico de cada corredor.

    Carboidrato
    Importante para repor a energia gasta, esse macronutriente irá refazer as reservas de energia. Está presente em alimentos como pão, macarrão, arroz, batata e milho, entre outros.

    Quanto ingerir?
    Depois de um treino intenso, recomenda-se a ingestão de 100 g de carboidratos entre 15 e 30 minutos após o exercício e mais 100 g a cada 3 horas.

    Proteína
    Essencial para a reconstrução da fibra muscular, colabora para o ganho de massa muscular. Está presentes na carne bovina e suína, frangos, peixes, ovos, leite e derivados.

    Quanto ingerir?
    Para atletas, recomenda-se de 1,2 g a 1,6 g de proteína por kg de peso corporal. Um corredor de 80 kg, por exemplo, deve ingerir de 96 g a 128 g de proteína por dia. Para um melhor aproveitamento, o ideal é que esta ingestão ocorra em até 2h após o treino.


    Água
    Mesmo que você faça uma boa hidratação durante o treino, deve ficar atento à necessidade de ingerir mais líquidos no fim da atividade. Para saber a quantidade certa, basta se pesar antes e depois do exercício: a diferença é justamente a quantidade de água que você perdeu pelo suor.

    Quanto ingerir?
    A ingestão de líquidos deve ser entre 500 mL e 800 mL por hora de atividade física (100 mL a 200 mL a cada 10 a 20 minutos).


    Eletrólitos (sódio e potássio)
    Pedem reposição principalmente em exercícios que promovem a perda de líquido em grande quantidade (principalmente pelo suor).

    Quanto ingerir?
    Beba uma garrafa de 500 mL de isotônico após o término da atividade.

     

    O consumo desses nutrientes depois do treino é fundamental para o reequilíbrio físico e químico do corredor. “A falta de carboidratos irá prejudicar o processo de recuperação, podendo provocar o deslocamento da proteína consumida para o fornecimento de energia. Isso vai atrapalhar a reconstrução das fibras musculares”, diz Fernanda. “Uma dieta pobre em proteínas também prejudica a reconstrução dos músculos, dificultando o ganho de massa muscular”, acrescenta.

     

    
Sugestões de alimentos para o pós-treino

    - Vitamina de fruta batida com leite e aveia

    - Cereal matinal com leite e fruta

    - Barra de cereais e iogurte

    - Salada de frutas com iogurte e um pão com geleia

    - Leite com achocolatado e um pão com queijo

    - Batata cozida com queijo cottage e peito de peru

    - Sanduíche de peito de peru e queijo branco com suco de abacaxi

    - Bolo de cenoura com iogurte e fruta

    - Salada verde e espaguete ao sugo com frango grelhado

    - Arroz com brócolis e bife grelhado

     

    Por: Mariana Gianjoppe - São Paulo  

    Fonte: http://www.suacorrida.com.br/nutricao-finisher/saiba-o-que-comer-depois-do-treino/



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia